7 táticas que abusadores emocionais usam para manter o controle dos relacionamentos

Psicologia

Compartilhar:

Conteúdo



Abusadores emocionais são pessoas que tentam controlar outras pessoas em um relacionamento. Eles usam táticas diferentes para atingir seus objetivos. Neste artigo, veremos as 7 táticas mais comuns que os agressores emocionais usam para manter o controle dos relacionamentos.

Existem sete táticas que os abusadores emocionais usam para manter o controle nos relacionamentos. Estes incluem o uso de ameaças, intimidação, manipulação, isolamento, desvalorização, ignorância e negação. Essas táticas podem deixar um parceiro se sentindo inseguro, desamparado e incapaz de lutar contra o controle do outro. Alguns exemplos dessas táticas são ignore-o , para chamar sua atenção, ou garotinhas gostosas como forma de manipulá-lo. É importante estar ciente de que essas táticas existem e reconhecê-las quando estão sendo usadas em um relacionamento.

7 táticas que abusadores emocionais usam para manter o controle de um relacionamento

1. Manipulação

Os agressores emocionais tentam controlar suas vítimas por meio da manipulação. Eles usam várias técnicas para convencer suas vítimas de que devem seguir seus desejos e instruções. Isso inclui ameaças, chantagem, mentiras, incentivo ao mau comportamento e muito mais.



A mulher virou as costas para o homem

2. Intimidação

Os agressores emocionais tentam controlar suas vítimas por meio da intimidação. Eles usam ameaças para intimidar suas vítimas para que sigam seus desejos e orientações. Eles também podem tentar intimidar suas vítimas por meio de violência física ou ameaças de violência.

Um homem e uma mulher estão discutindo

3. Isolamento

Os agressores emocionais tentam controlar suas vítimas por meio do isolamento. Eles tentam isolar suas vítimas de amigos e familiares para evitar que recebam apoio. Eles também podem tentar impedir que suas vítimas participem de atividades sociais para isolá-las de outras pessoas.

O homem grita com a mulher que ela lhe deu as costas

4. Controle Financeiro

Os abusadores emocionais tentam controlar suas vítimas por meio do controle financeiro. Eles tentam minar a independência financeira de suas vítimas, negando-lhes acesso a dinheiro e outros recursos financeiros. Eles também podem tentar fazer com que suas vítimas compartilhem seu dinheiro com eles para torná-los financeiramente dependentes.



uma mulher desapontada com uma longa lança marrom

5. Controle Emocional

Os abusadores emocionais tentam controlar suas vítimas por meio do controle emocional. Eles tentam controlar suas vítimas por meio de manipulação psicológica, assustando-as, maltratando-as ou fazendo-as se sentirem culpadas. Eles também podem tentar controlar suas vítimas controlando suas emoções.

Um homem e uma mulher estão sentados de costas, costas com costas

6. Controle de Comunicações

Os agressores emocionais tentam controlar suas vítimas controlando a comunicação. Eles tentam impedir que suas vítimas se comuniquem com outras pessoas, negando-lhes o acesso ao telefone, internet e outros meios de comunicação. Eles também podem tentar fazer com que suas vítimas se comuniquem apenas com eles para isolá-los de outras pessoas.

A mulher está chorando, o homem está sentado

7. Controle de comportamento

Os agressores emocionais tentam controlar suas vítimas controlando seu comportamento. Eles tentam fazer com que suas vítimas se comportem da maneira que desejam, fazendo ameaças ou encorajando-as a se comportar mal. Eles também podem tentar fazer com que suas vítimas se vistam ou se comportem de determinadas maneiras.



O homem abraçou a mulher

Proteja-se de agressores emocionais

É importante se proteger de agressores emocionais. Se você está em um relacionamento com um agressor emocional, é importante que você procure ajuda. Existem muitas organizações que podem ajudá-lo a sair dessas situações. Você também pode conversar com amigos e familiares para obter apoio.

7 táticas que abusadores emocionais usam para manter o controle de um relacionamento

Conclusão

Os abusadores emocionais tentam exercer controle sobre outras pessoas em um relacionamento. Eles usam táticas diferentes para atingir seus objetivos. Neste artigo, analisamos as 7 táticas mais comuns que os abusadores emocionais usam para manter o controle nos relacionamentos. É importante que você se proteja de agressores emocionais e procure ajuda se estiver em tal situação.



Perguntas frequentes

  • O que são abusadores emocionais? Abusadores emocionais são pessoas que tentam controlar outras pessoas em um relacionamento. Eles usam táticas diferentes para atingir seus objetivos.
  • Como posso me proteger de agressores emocionais? É importante se proteger de agressores emocionais. Se você está em um relacionamento com um agressor emocional, é importante que você procure ajuda. Existem muitas organizações que podem ajudá-lo a sair dessas situações.
  • Que táticas os abusadores emocionais usam? Os abusadores emocionais usam uma variedade de táticas para manter o controle nos relacionamentos. Estes incluem manipulação, intimidação, isolamento, controle financeiro, controle emocional, controle de comunicação e controle de comportamento.

Recursos adicionais

Aqui estão alguns recursos adicionais que podem ajudá-lo a aprender mais sobre agressores emocionais e como se proteger deles:

Mesa

Compartilhe Com Os Seus Amigos :

táticas Descrição
Manipulação Tentar convencer suas vítimas por meio de ameaças, chantagens, mentiras, incentivo ao mau comportamento, etc., de que devem seguir seus desejos e ordens.
intimidação Tentar intimidar suas vítimas por meio de ameaças, violência física ou ameaças de violência.
Isolamento Tentando isolar suas vítimas de amigos e familiares para evitar que recebam apoio.
controle financeiro Tentativas de minar a independência financeira de suas vítimas, negando-lhes acesso a dinheiro e outros recursos financeiros.
Controle Emocional Tentar controlar suas vítimas por meio de manipulação psicológica, assustando-as, maltratando-as ou fazendo com que se sintam culpadas.
controle de comunicação Tente impedir que suas vítimas se comuniquem com outras pessoas, negando-lhes acesso a telefone, internet e outros meios de comunicação.